blog

Home / blogPage 8
Três poemas de Paul Éluard

Três poemas de Paul Éluard

Três poemas de Paul Éluard   Seus olhos sempre puros Dias de lentidão, dias de chuva, Dias de espelhos quebrados e de agulhas perdidas, Dias de pálpebras fechadas para os horizontes dos mares, De horas iguais, dias de cativeiro. Meu espírito que ainda brilhava sobre as folhas E as flores, meu espírito está nu como

Saiba mais
Os cantos de liberdade de Sarah Maldoror

Os cantos de liberdade de Sarah Maldoror

Os cantos de liberdade de Sarah Maldoror A cineasta, autora de uma obra múltipla e rebelde e que participou das lutas de independência  do continente africano morreu segunda, aos 90 anos Luc Chessel «Maldoror, adieu !», parece lhe saudar – décadas depois que ela decidiu usar este nome de revolta – o canto terceiro do poema

Saiba mais
A história da solidão, por Jill Lepore

A história da solidão, por Jill Lepore

A história da solidão Jill Lepore A chipanzé fêmea do Jardim Zoológico da Filadélfia morreu de complicações decorrentes de um resfriado no início da manhã do dia 27 de dezembro de 1878. A “Senhorita Chimpanzé”, de acordo com os jornais, morreu “enquanto recebia as atenções de seu companheiro”. Tanto ela quanto seu companheiro – um

Saiba mais