Terra e Paz

Terra e Paz

Yehuda Amichai

O mais celebrado poeta israelense desde o século XX, traduzido em mais de quarenta idiomas, ganha a sua primeira publicação no Brasil com a antologia poética Terra e Paz, traduzida diretamente do hebraico por Moacir Amâncio. 

Cultuado por grandes poetas e pensadores em todo o mundo, Yehuda Amichai (1924-2000) construiu uma das mais ricas e diversificadas produções poéticas de seu tempo. Nela, a cultura e tradição judaicas ganham uma leitura renovada, e dividem espaço com os temas de intimidade amorosa, da vida em Israel, da guerra e da paz.

Amichai, nascido na Alemanha em uma família religiosa judaica e que chegou à Palestina em 1935, teve atuação fundamental na recuperação e modernização do hebraico, exercendo o uso irrestrito do idioma e fazendo dele caminho de expressão de toda a sua obra – plena de sutilezas, ironia e erudição.

É a partir de Jerusalém, sua cidade-mundo, que o poeta revê a própria história, matéria viva de sua escrita: integrou o exército britânico na Segunda Guerra Mundial, lutou na Guerra da Independência – deflagrada pelos países árabes após a fundação do Estado judaico em 1948 –, na Guerra do Sinai em 1956, e na Guerra do Yom Kipur em 1973, ao mesmo tempo em que se tornava professor, atividade exercida durante toda a sua vida profissional, ao lado da literatura.

As experiências de conflitos e perdas, as memórias do nazismo e o sentido de impermanência da vida em Israel permeiam a sua obra – pouco mais de 20 volumes, entre poesia e prosa. Mas como ele mesmo se definia, foi um verdadeiro “fanático da paz”; e é essa evocação pacífica que atravessa a sua produção poética. “(…) eu não estive entre todos aqueles mas o fogo e a fumaça/ficaram em mim, e as colunas de fogo e fumaça mostram/o caminho noite e dia, restou em mim a busca insana/por uma saída de emergência e por lugares macios,/pela nudez da terra para me abrigar dentro da fragilidade/para dentro da esperança, restou em mim o desejo da busca/de água fresca falando em voz baixa para a rocha e batendo loucamente.”

Yehuda Amichai não deixa esquecer que escreveu num dos umbigos do planeta, partilhando conosco o seu propósito de refazer o mundo a partir de sua casa e lançando mão de acento próprio na busca do universal. Nele, convivem o diálogo com passado bíblico, as vivências cotidianas e amorosas, a erudição transmitida de forma coloquial, a mistura entre o humano e o divino, essa síntese de humanidade contemporânea que ele busca em cada poema.

A tradução dos 80 poemas do livro foi feita diretamente do hebraico por Moacir Amâncio, professor da Universidade de São Paulo, também ensaísta, jornalista, escritor e poeta.

 

  • Compartilhar:

Detalhes do livro

ISBN 978-85-69924-45-6

Tradução e organização:  Moacir Amâncio

Número de páginas: 184

Formato: 14 x 21 cm

Ano: 2018

Projeto gráfico: Victor Burton

Preço: R$ 62,00