Ódios políticos e política do ódio

Ana Kiffer, Gabriel Giorgi

Na última década, com o crescimento da extrema-direita em boa parte do mundo, o sentimento do ódio adquiriu uma nova centralidade, substituindo o pacto civilizatório e instituindo a necropolítica em formas de racismo,violência patriarcal, sexismo e classicismo. No entanto, o ódio é também uma complexa constelação afetiva que atravessa desejos emancipatórios, criativos e potentes presentes em nossas sociedades e insurgentes através dos discursos e práticas contemporâneas manifestas nos movimentos negro, periféricos, indígena, feminista, entre outros. Distinguindo ambas as formas contemporâneas do ódio, encontram-se nesta edição duas leituras complementares, que se iluminam mutuamente, de Ana Kiffer e Gabriel Giorgi, compondo um diálogo entre as diferentes lutas, gestos e escritas que se inscrevem através do ódio no cenário político contemporâneo.

“O ódio marca uma ruptura de certos pactos, protocolos e formas de relações prévias. Mapeia essa ruptura e as linhas que surgem daí: potências negativas, abrasivas, mas também novos territórios coletivos, novos lugares de fala, novas formas de ocupação do público, exemplarmente encarnado nos feminismos, especificamente no feminismo negro. O ódio marca – e quem poderia duvidar? – nosso momento de maior perigo. Porém, exatamente por isso, marca também a inflexão e a potência de um outro tempo possível.”Ana Kiffer e Gabriel Giorgi

bcds

  • Compartilhar:

Detalhes do livro

ISBN:978-85-69924-67-8
Número de páginas: 136
Formato: 12,5 x 18,5 cm
Projeto gráfico: Thiago Lacaz
Ano: 2019
Preço: R$ 44,00