Contra o colonialismo

Simone Weil

O pensamento engajado da filósofa francesa Simone Weil (1909–1943) é apresentado neste livro em duas séries de textos contendo sete ensaios inéditos em português sobre a questão do colonialismo, problemática que se impõe de forma central no debate contemporâneo. Refletindo sobre as condições de vida das populações oriundas das colônias francesas, a autora desafia os pilares fundamentais da cultura humanista de seu país, como a liberdade e a igualdade, numa contribuição inestimável para o pensamento contemporâneo desde o século XX. Nos cinco artigos da primeira parte (“Esses membros palpitantes da pátria”; O sangue corre na Tunísia”; “Quem é culpado pelas iniciativas antifrancesas?”; “O Marrocos ou a prescrição em termos de roubo”; “Carta aos indochineses”), a autora analisa, em tom combativo, o contexto de opressão, do desenraizamento, da violência e opressão vivido pelos colonizados,  elaborando uma dura crítica à França da Frente Popular na esperança de ver surgir uma revolta do povo francês como respostas à situação colonial. Na segunda parte, em dois artigos escritos na eminência da Segunda Guerra, Simone Weil trata de forma premonitória da necessidade da resistência frente ao avanço da Alemanha. Reflexões atemporais sobre os povos e suas liberdades inegociáveis.

Simone Weil foi tão sensível ao horror da colonização que fez dela um paradigma para pensar a política em seu todo, e para delimitar sua crítica à civilização.” Valérie Gérard, prefácio

bcds

  • Compartilhar:

Detalhes do livro

ISBN:978-85-69924-66-1
Número de páginas: 116
Formato: 12,5 x 18,5 cm
Projeto gráfico: Thiago Lacaz
Ano: 2019
Preço: R$ 39,00